Último relatório da OMS aponta o número de 61 países afetados pelo zika

Último relatório da OMS aponta o número de 61 países afetados pelo zika

O último relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no dia 30 de junho aponta que 61 países e territórios em todo o mundo continuam a relatar a propagação do vírus zika. Além disso, 13 países (Brasil, Cabo Verde, Colômbia, El Salvador, Guiana Francesa, Polinésia Francesa, Ilhas Marshall, Panamá, Martinica, Porto Rico, Eslovênia, Espanha e Estados Unidos) informaram casos de microcefalia e outros distúrbios que podem ser associados ao vírus transmitido pelo mosquito Aedes, como a Síndrome de Guillain-Barré (SGB) que em casos raros pode ocasionar total paralisia dos membros.

Outro dado importante no relatório foi a incidência de dez países (Argentina, Canadá, Chile, Peru, Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, Portugal e Nova Zelândia) que relataram a transmissão do vírus zika de pessoa para pessoa, por provável relação sexual.

Segundo o relatório, há evidências científicas de que o vírus zika é uma das causas de microcefalia e SGB.

O relatório completo pode ser conferido nesse link.

Imagem: Site OMS.

Filtrar
Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber notícias e informações da Evidências.

Veja também