Evidências – Kantar Health marca presença na ISPOR EUA com pôsteres sobre mieloma múltiplo e linfoma de Hodgkin

Evidências – Kantar Health marca presença na ISPOR EUA com pôsteres sobre mieloma múltiplo e linfoma de Hodgkin

A Evidências - Kantar Health participa da 22ª reunião internacional anual da International Society For Pharmacoeconomics and Outcomes Research (ISPOR) com dez pôsteres. O evento acontece em Boston, nos Estados Unidos, de 20 a 24 de maio. A ISPOR é um dos mais importantes canais de divulgação científica sobre farmacoeconomia e pesquisa de resultados.

No primeiro dia do evento foram apresentados dois pôsteres de autoria da Evidências com um cliente internacional. O estudo real world data on multiple myeloma in Brazil: patterns of care in the private healthcare system teve como principal objetivo avaliar, através de dados de mundo real, os padrões de tratamento de Mieloma Múltiplo (MM) e perfil dos pacientes no sistema de saúde privado no Brasil. Analisando separadamente pacientes que receberam e não receberam transplante de medula óssea, foi observado que os que receberam demonstraram um tempo maior entre o tratamento de 1ª e 2ª linha, comparado aos que não receberam o transplante. Também que esquemas contendo bortezomibe, principalmente VCD (bortezomibe, ciclofosfamida, dexametasona), foram os mais utilizados pelos pacientes, por uma média de 6 a 7 ciclos.

Já o pôster patterns of care for hodgkin lymphoma in Brazil: real world data from a private healthcare system analisou através de dados de mundo real, os padrões de tratamento de Linfoma de Hodgkin (LH) e perfil dos pacientes no sistema de saúde privado. Apesar de o estudo apresentar algumas limitações como o curto tempo de follow-up dos pacientes (três anos) e informações algumas vezes não disponíveis de determinados pacientes, foi possível observar que os esquemas utilizados pelos pacientes não sofreram mudanças significativas durante os anos avaliados e que o esquema ABVD (adriamicina, belomicina, vimblastina e dacarbazina) foi o mais utilizado em primeira linha. “Por explorar dados de mundo real, este estudo contribui no entendimento da prática médica em pacientes com LH, permitindo que novas estratégias de tratamento possam ser desenvolvidas”, declara Ricardo Saad, analista de farmacoeconomia da Evidências – Kantar Health e um dos autores do estudo.

Nos próximos dias ainda serão apresentados outros trabalhos realizados pela Evidências - Kantar Health no último semestre abordando assuntos inovadores, que vão desde síndrome da dor miofascial, polineuropatia diabética, neuralgia pós-herpética até transtorno bipolar e adesão ao medicamento à terapia.

ISPOR

A ISPOR é uma organização pública sem fins lucrativos para propósitos educacionais e científicos. Ela objetiva promover a ciência da farmacoeconomia e a pesquisa de resultados e facilitar a tradução destas investigações em informações úteis para os tomadores de decisão na área de cuidados à saúde. A ISPOR tem mais de 9.500 membros em 114 países, além de 62 capítulos regionais com mais de 4.800 membros. A sociedade promove três encontros anualmente, realizados na América do Norte, na Europa e na América Latina ou Ásia.

Filtrar
Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber notícias e informações da Evidências.

Veja também