Artigo da Evidências analisa TAVI para tratamento de estenose valvar aórtica grave

Artigo da Evidências analisa TAVI para tratamento de estenose valvar aórtica grave

Artigo da Evidências em parceria com a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI) realizou uma análise de custo-efetividade do implante por cateter  de bioprótese valvular aórtica (TAVI) para o tratamento de estenose valvar aórtica grave em pacientes inoperáveis sob perspectiva da Saúde Suplementar. O estudo foi publicado na última edição da Revista Brasileira de Cardiologia Intervencionista.

O TAVI é nova modalidade de tratamento destinada especialmente a pacientes com elevado risco cirúrgico. Para esses pacientes, o procedimento apresenta aumento da sobrevivência e melhora da qualidade de vida, comparativamente ao tratamento padrão (medicamentoso, com ou sem valvuloplastia aórtica percutânea). O estudo concluiu que, apesar de apresentar um maior custo incremental, o TAVI tem efetividade superior.  Além disso, a incorporação do TAVI no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) acarretaria impacto orçamentário nos próximos cinco anos compatível com o de outras tecnologias já incorporadas.

Intitulado “Implante por Cateter de Bioprótese Valvular Aórtica para Tratamento de Estenose Valvar Aórtica Grave em Pacientes Inoperáveis sob Perspectiva da Saúde Suplementar – Análise de Custo-Efetividade” foi escrito por Alvaro Mitsunori Nishikawa, Luciano Morganti Paladini, Christiane Bueno e Otávio Clark, da Evidências, e por Marcelo Cartaxo Queiroga, Pedro Alves Lemos Neto, Fabio Sândoli Brito Júnior5, Rogério Sarmento-Leite, J. Antonio Marin-Neto e J. Eduardo Sousa, da SBHCI.

O artigo pode ser acessado no link:

http://www.scielo.br/pdf/rbci/v21n3/04.pdf

22/11/2013
Por Redação Evidências

Filtrar
Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber notícias e informações da Evidências.

Veja também